make your own website for free

OS LUSÍADAS

- 3º Ciclo e Público Geral -

Esta obra é recomendada pelo PNL para 7.º, 8º e 9º ano de escolaridade


Luís Vaz de Camões é considerado uma das maiores figuras da literatura lusófona e um dos grandes poetas da tradição ocidental. Pouco se sabe com certeza sobre a sua vida: terá nascido em Lisboa, numa família da pequena nobreza e, ainda jovem, terá recebido uma sólida educação nos moldes clássicos, dominando o latim e conhecendo a literatura e a história antigas e modernas. Pode ter estudado na Universidade de Coimbra, mas a sua passagem pela escola não é documentada. Frequentou a corte de D. João III, iniciou a sua carreira como poeta lírico e envolveu-se, como narra a tradição, em amores com damas da nobreza e possivelmente plebeias, levando uma vida boémia e turbulenta. Diz-se que, por conta de um amor frustrado, se exilou em África, onde perdeu um olho em batalha. Voltando a Portugal, feriu um servo do Paço e foi preso, mas perdoado, partiu para o Oriente, onde passou vários anos, enfrentou uma série de adversidades, foi preso várias vezes, combateu ao lado das forças portuguesas e escreveu a sua obra mais conhecida - Os Lusíadas. De volta à pátria, publicou a epopeia e recebeu uma pequena pensão do rei D. Sebastião pelos serviços prestados à Coroa, mas nos seus anos finais parece ter enfrentado dificuldades para se manter.

Logo após a sua morte, a sua obra foi reunida na coletânea Rimas, tendo deixado também três obras de teatro cómico. Enquanto viveu queixou-se várias vezes das injustiças que sofrera e da escassa atenção que a sua obra recebia, mas pouco depois de falecer a sua poesia começou a ser reconhecida como valiosa e de alto padrão estético por vários nomes importantes da literatura europeia, ganhando prestígio sempre crescente entre o público e e influenciando gerações de poetas em vários países.


[ESTREIA EM OUTUBRO 2020]

FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA 

Provavelmente a obra mais conhecida de Luís Vaz de Camões, este poema épico é considerado a epopeia portuguesa por excelência. Os dez cantos que a compõem descrevem a viagem de Vasco da Gama na descoberta do caminho marítimo para a Índia, durante a qual se vão descrevendo outros episódios da História de Portugal, glorificando o povo português. 


Inspirado no texto original de Luís Vaz de Csmões 

Dramaturgia: Susana Rodrigues Encenação: Cristóvão Carvalheiro

Interpretação: Bruno Alves, Joana Gomes e Tiago Santos

Cartaz: Cristóvão Carvalheiro Duração: 50 minutos Classificação: M 12

REQUISITOS TÉCNICOS Espaço: 6,50 x 6,50 Som: disponibilizado pela companhia 

EQUIPA DE TRABALHO AtrapalhArte: 3 atores


No final do espetáculo, haverá uma sessão de esclarecimento que permite aos alunos colocarem questões e esclarecerem dúvidas acerca da obra ou da peça que viram. Também será possível aos professores tirar fotos às turmas com o cenário e elenco.




MORADA

Rua Feliciano de Castilho, nº 111B, 3º Esquerdo 3030-325 Coimbra

CONTACTOS
Produção e Espetáculos - 912 097 195 | atrapalharte@atrapalharte.pt

Turmas e Oficinas de Teatro - 915 696 862  | turmas@atrapalharte.pt

Agradecemos a sua mensagem, responderemos o mais brevemente possível!