bootstrap table

ALI BABÁ E OS 40 LADRÕES

- 2º Ciclo e Público Geral -



Ali Babá é uma personagem fictícia baseada na Arábia pré-islâmica.

O conto está descrito nas aventuras de Ali Babá e os Quarenta Ladrões, que faz parte do Livro das Mil e Uma Noites ou Noites na Arábia. Alguns críticos acreditam que esta história tenha sido adicionada ao Livro das Mil e Uma Noites por um dos seus transcritores europeus, Antoine Galland, que foi um orientalista francês do século XVIII que talvez a tenha ouvido, de um contador de histórias árabe de Alepo. No entanto, Richard F. Burton garantiu que o conto faz parte do original Livro das Mil e Uma Noites.

A história tem a sua origem na saga do rei Ali Babá do Sudão (que habitava perto de Bur Sudan).

O rei recusou-se a pagar os impostos a Al-Mutawakkil, o décimo califa legatário de Bagdad. O rei rebelde selou então todo o ouro nas montanhas e impediu os funcionários de irem à região do Mar Vermelho. Bagdad enviou o exército para manter o seu poder sobre a comercialização do ouro do mundo islâmico (acredita-se que o Sudão fornecia mais de sessenta por cento do ouro aos Abássidas na época pré-cruzadas) e, em cinco anos, a rebelião foi esmagada. Ali Babá, levado a Bagdad, transportou todo o ouro escondido pelos seus homens para o legatário. Uma exibição pública do grande tesouro e do rei derrotado passou em todas as cidades importantes no caminho até a capital Samarra, criando o mito da caverna e da lenda dos quarenta ladrões. No final, foi concedida amnistia a Ali Babá em Samarra e, no retorno, o monarca doou todo o ouro aos necessitados, em todas as principais cidades ao longo da estrada, como um bom sinal aos muçulmanos contra quem ele lutou.


Esta obra é recomendada pelo Plano Nacional de Leitura para o 6.º ano de escolaridade.

ALI BABÁ E OS 40 LADRÕES

Naquela manhã, como em todas as manhãs que lhe foram dadas por Alá, Ali Babá andava a cortar lenha na montanha. De súbito, aparece no horizonte uma nuvem de poeira, aproxima-se uma caravana de quarenta ladrões e o pobre lenhador esconde-se numa árvore. Como podia ele ter imaginado que esse gesto simples de prudência iria mudar a sua vida? É que, do seu esconderijo, Ali Babá descobre um segredo fabuloso: as palavras mágicas que dão acesso ao tesouro dos bandidos!


FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA 

Texto Original: Livro das Mil e Uma Noites Encenação: AtrapalhArte

Interpretação: Cristóvão Carvalheiro, Eurico Santos, Jessica Duncalf e Vítor Nunes

Cartaz: Inês Massano Duração: 60 minutos Classificação: M 6

REQUISITOS TÉCNICOS Espaço: 6,50 x 6,50 (3 metros de altura) Som: disponibilizado pela companhia 

EQUIPA DE TRABALHO AtrapalhArte: 4 atores


No final do espetáculo, haverá uma sessão de esclarecimento, que permite aos mais novos colocarem questões e esclarecerem dúvidas acerca do espetáculo que viram. Também será possível as turmas tirarem fotos com o cenário e elenco.

MORADA
Travessa Vale do Rosal, Lote7 1º Esq
3040-321Coimbra, Portugal


CONTACTOS
Produção - 912 097 195 | atrapalharte@atrapalharte.pt

Serviço Educativo - 915 696 862  | turmas@atrapalharte.pt

Agradecemos a sua mensagem!